quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Fazer a diferença :)










Agora que vai começar um novo ano, e o qual vai ser muito mais dificil, vamos dar as mãos.
Vamos mudar de atitude, vamos ajudar, COLABORAR! 
Porque eles precisam de nós... e porque nós precisamos deles. 
Não vamos pensar que sabemos tudo, não vamos ser presunçosos ao ponto de acharmos que sabemos tudo, e que não precisamos deles para nada! Porque apesar de aparentarem não terem nada para oferecer, têm a sabedoria, o saber de quem sofre, o saber da rua... Por isso, vamos parar e ajudar! Não digo dar constribuições monetárias ou não, digo antes uma palavra de carinho, respeito e acima de tudo preocupação! Sincera, um interesse genuino! Porque para eles só o facto de saberem que alguém se importa é mais importante do que sacos e sacos de alimentos, fazem-nos sentir vivos, não tão áparte da sociedade, não tão marginalizados.

Vamos ajudar a mudar algo! Juntem-se a nós e ajudem também alguém... Peguem nos vossos amigos e ajudem, porque não precisam de mais nada para além do poder da amizade. Convence-os, não custa nada.


RP  
Feliz Ano Novo 

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Pensa nisto...



A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido.
 Não na vitória propriamente dita.
DG

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Entrega de Alimentos

Fomos ontem, dia 20.12.2010, ás Criaditas dos Pobres entregar parte dos alimentos que recolhemos na nossa escola. Foi sem dúvida algo indiscritivel, não sei como explicar!
A sensação de missão cumprida foi comum a todas nós! Sem dúvida, que da minha parte, nunca me senti tão bem. As irmãs que nos receberam, receberam-nos tão bem, agradeceram-nos tanto! Era visivel na expressão delas, a felicidade e o agradecimentos que elas tinham, sem dúvida que iriamos mudar algo, por muito pouquinho que fosse :)
Uma das irmãs disse-nos: " Não precisam de trazer 5/6 sacos cheios, podem até só trazerem um pacote de leite, mas se for trazido com amor, é muito mais valioso, do que uma série de sacos", sem dúvida alguma que estas foram palavras importantes para nós ouvirmos, pois uma das nossas preocupações, era angariar-mos poucos bens! 
Convidaram-nos para ir ao oratório, agradecer-mos a Deus, a nossa solidariedade, o nosso gesto, para algumas de nós, foi algo fora do normal, porque ou não frequentamos a igreja, ou não seguimos a religião. No entanto, foi ao mesmo tempo, algo muito especial, algo que iremos guardar sempre na memória. Algo dificil de se esquecer!
Isto foi ao mesmo tempo uma prova que não devemos parar com o que estamos a fazer! Nem vocês! Se ainda não começaram ainda vão a tempo! Ajudem! Colaborem! Dêem um sorriso ao mendigo, á pessoa em dificuldades mais próxima de vocês :)


RP
Bom Natal...

sábado, 18 de dezembro de 2010

Dar... no Natal?


Vamos agir durante um ano inteiro! Porque não é só no Natal que eles precisam mais! È durante todo o ano, é nas alturas de mais calor, de mais frio...
Precisam de uma voz amiga todos os dias, alguém em quem possam confiar, alguém a quem possam desabafar os seus problemas, que acreditem, comparados com os nossos, são enormes! Não pensem no Natal, como a única época do ano para ajudar os outros, quando se quer ajudar, ajuda-se sempre! 
Não precisamos dar dinheiro! Basta ás vezes um cobertor que já não usamos e que provavelmente vamos deitar fora, ou a roupa que já não vestimos porque já não nos serve. Para quê deitar para o lixo? Dê-a ao mendigo que está na sua rua, e pelo qual você passa todos os dias e vira a cara! Não use o Natal como desculpa para dar! Dê porque quer, não porque é Natal! Dê todo o ano! Duas, três, quatro vezes por ano! Mas não só no Natal! 
 Fale com os seus amigos, familiares e ajudem!

Feliz Natal :) 

RP 

Resultado da recolha

Acabámos a nossa recolha de alimentos. Na sexta-feira passada prosseguimos á sua divisão por famílias, e fizemos dois caixotes, cuja entrega foi feita na escola (para três familias), e cerca de 5/6 sacos de alimentos variados e 10 litros de leite. 
Estes sacos e leite vão ser entregues na segunda-feira á Criadita dos Pobres, aqui em Coimbra! Sabemos que vão ficar muito contentes, não só elas como também as famílias que irão receber esta ajuda! :) 
Da nossa parte podemos dizer que ficámos muito contentes com a nossa entrega na escola, foi como que um sentimento de dever cumprido. Foi incrível a sensação que tivemos depois de termos entregue estes alimentos. Melhor ainda foi quando soubemos que um desses caixotes já tinha sido entregue. Sem dúvida, para nós enquanto grupo foi das melhores coisas que nos poderia acontecer; no ínicio desta recolha nós, grupo, tinhamos plena certeza que muito provavelmente, esta iniciativa não iria dar em nada, no entanto, e apesar dos alunos não terem participado, ou melhor a maior parte deles, foi uma admiração quando na sexta-feira tomámos plena consciência do que conseguimos arranjar! Foi sem dúvida algo estrondoso, para quem ao ínicio estava a contar com nada ou quase nada!  
Pior do que não ter dinheiro é estar sozinho neste Mundo imenso. MV

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Agradecimentos

Agora que este periodo acabou é tempo de refletirmos e principalmente agradecermos a quem nos apoiou, então os nossos agradecimentos vão para:
  • Doutor Augusto e a respectiva direcção da escola pela oportunidade de realizarmos este preojecto;
  • Aos professores Lurdes Santos, António Sousa, Leonor Teixeira, Vitor Matos e à nossa directora de turma Markéta pela dedicação; 
  • Ao Fernando Dias e Bárbara Vanessa pelo apoio e dedicação no projecto;
  • Aos alunos Ana Costa, Mariana Sousa, Joana Pereira, Thaís Bernardo, Carolina Almeida e Ana Figueiredo pelas contribuições e apoio;
  • Ao grupo Iluminamos Silêncios, Ana Almeida, Ana Figueiredo, João Rosa, Mariana Silva e Mariana Sousa pela contribuição e apoio;
  • Aos restantes professores e directores de turma que nos apoiaram e ajudaram no nosso estudo;
  • À D. Irondina, D. Paula, D. Mercês, Cristina e Jaime pela paciência e contribuição;
  • E à restante comunidade escolar que nos apoiou.
A todos um muito obrigada!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Reflexão acerca do projecto

Quando seguimos em frente com este projecto nunca pensámos que seria tão complicado lidar com este tema. É um tema difícil, os apoios são escassos e algumas pessoas lidam com isto como se fosse uma coisa natural. Nós imaginávamos Área de Projecto como uma disciplina fácil, era só fazer um projecto, escrever e pesquisar um tema e tudo se fazia rapidamente, mas não é bem assim. O grupo envolveu-se muito neste tema, neste momento não trabalhamos para obter uma boa nota, mas sim para ajudar, ajudar as pessoas que não têm sequer uma refeição decente ou um sítio onde dormir. Vivemos numa sociedade que ainda discrimina muito estas pessoas, mas nós passámos a olhar para elas de uma outra forma, com respeito e admiração, pois podem não ter quase nada, mas têm o que é mais importante, Esperança! Vivemos numa sociedade cada vez mais egoista, os que têm mais posses financeiras quase não ajudam, mas em contrapartida aqueles que têm menos posses são os mais solidários. Por vezes esquecemo-nos de que todos somos iguais, todos temos os mesmos direitos e deveres. Mas porque continuamos a tratar as pessoas desfavorecidas como se elas só tivessem deveres? É por isso que estamos a fazer este trabalho, queremos sensibilizar as populações para que deixem de ser tão egoistas e partilhem aquilo que têm, ninguem é feliz sozinho, todos precisamos de uma mão amiga ou de algo tão simples como um sorriso. Por isso vamo-nos deixar de conversas e vamos passar a agir mais, porque vergonha não é ser pobre, vergonha é saber que isto é um problema e continuar a ignorá-lo! MV

domingo, 12 de dezembro de 2010

Grande musica ... Cheia de Significado

Vejam este videoclip desta música do Pedro Abrunhosa.
Sem dúvida que nos faz ver os outros de maneira diferente, com todo o video a passar-se á volta do tema Pobreza.
Para olharmos para os outros com outros olhos, e fazermos alguma coisa para ajudar o próximo.
http://www.youtube.com/watch?v=sqK7Ys155j4

Fotografias da recolha de alimentos




Balanço da Recolha de Alimentos

Como já foi dito, realizámos uma recolha de alimentos na nossa escola, inicialmente dirigia-se a 2 instituições, no entanto, viemos a saber que haviam casos de pobreza na nossa escola, daí termos direccionado esta primeira recolha para a nossa escola.
Retirámos conclusões muito importantes desta recolha, e uma delas, é que ainda é visível a vergonha existente entre os mais jovens quando é altura para ajudarem; outra das conclusões, é que quem tem menos é quem dá mais.
Um episódio que nós não nos podemos esquecer, foi quando um rapaz, com algumas dificuldades financeiras, se virou para nós (logo nos primeiros dias de recolha) e nos deu uma mochila cheia de alimentos. Foi sem dúvida algo fascinante.
Queríamos agradecer, muito sinceramente, a quem contribuiu:

  • essencialmente professores;
  • e sem dúvida alguma ao rapaz que referimos anteriormente.
Temos um caixote cheio de alimentos para dar, porém, e apesar de ser mais do que estávamos a pensar, sem dúvida nenhuma que ficamos muito tristes por ver que há tanta vergonha, quando se trata de ajudar os outros...
Pedimos-vos também que ajudem, aí perto de vocês deve haver casos extraordinários! Percam cinco minutos do vosso precioso tempo e descubram o que está para lá das caras, o que está por dentro - o coração, e ao mesmo tempo ajudem, por vezes só com uma conversa! Assim vão saber que alguém se preocupa com eles.





sábado, 11 de dezembro de 2010

Dá valor ao que tens...

Para ti um simples pacote de arroz, ou de massa, ou qualquer outra coisa pode não significar nada, mas para eles significa MUITO...

DG

Sê solidário ...

Toma atenção a este filme, por favor, é muito importante :)

video

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Reflexão

Sem dúvida que este é um trabalho interessante, porém nunca pensámos que desse tanto trabalho.

É um trabalho complicado de se tratar, muito delicado também, daí a grande dificuldade deste projecto. No entanto, a grande dificuldade é sem dúvida, a indiferença das pessoas, o passar na rua e não ver um mendigo a dormir no banco ao lado delas.

O apego do ser humano aos bens materiais é algo tão grande que acaba por ser desumano, por exemplo: se fossemos ao supermercado fazer compras e não há os carrinhos? O que fazemos? Reclamamos ou estranhamos? As duas querem dizer a mesma coisa: Reparamos! No entanto, se formos ao nosso parque favorito e estiver lá um mendigo a dormir, no banco do jardim á chuva... o que fazemos? Pura e simplesmente não reparamos! É-nos mais fácil virar a cara, como se nada fosse. Durante um dia, deveriamos ser nós a trocar de lugar com o mendigo...Podem ter a certeza que no dia seguinte iriamos reparar que o mendigo está a dormir naquele mesmo banco, á chuva! Mais, iriamos reparar se ele já não estivesse lá!

Por isso, este trabalho é tão fascinante e ao mesmo tempo tão complicado, é-me importante sem dúvida poder ajudar alguém, poder dar de comer a apenas uma pessoa, em apenas um dia! É sem dúvida, um grande passo!

Porque sem dúvida que não podemos mudar o mundo sozinhos, mas podemos dar uma pequena ajuda, porque se todos pensarem assim, o mundo continua a miséria que é, a que toda a gente reclama, mas que ninguém se digna a mudar! 
by: R.P. 

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Porquê este tema?

Apesar de termos tido dificuldade em escolher este tema, de uma coisa tinhamos a certeza: queriamos ajudar!

Foi consensual esta escolha de tema, era importante para nós darmos alguma coisa a alguém, e não estou a falar de bens monetários, estou a falar de um SORRISO! Apenas uma palavra mas muito importante.

Outra das razões para a escolha deste tema para o projecto foi a crise económica que se faz sentir, é cada vez mais recorrente o aparecimento de mais pobres, e o pior é que ninguém o sabe, porque eles se escondem! É necessária a nossa ajuda, a crianças, idosos, até pessoas com idade para serem nossos pais!

Porque não dispender um pouco do nosso tempo? Aquele bem tão precioso que todos nós nos queixamos de não ter. Vamos pensar assim: o tempo que nós passamos á frente de uma televisão, podemos passá-lo a ajudar o próximo! Estamos a ajudá-lo a ele e a nós, pois acabamos por descontrair, relaxar e fazemos alguém feliz.

É por isso que esta foi a nossa escolha, porque queremos ajudar!

Na parte que me toca, achei este tema fascinante! Uma das coisas que sempre quis fazer foi voluntariado, no entanto queixava-me sempre que não tinha tempo, arranjava desculpas para não o fazer, apesar de querer! Mas o conforto de estar em casa era melhor! Neste momento sei que há pessoas que precisam de alguém que as ajude, que lhes dê a mão e que acima de tudo não as julguem, agora já não posso dizer que não tenho tempo! Agora sabe-me bem ajudar, nem que seja com um sorriso...

Para mim é degradante a situação que se vive, e para isso é que nós cá estamos! Porque, a meu ver, mais vale dar pouco do que não dar nada! Eles agradecem com o que têm de mais precioso...o SORRISO.
by: R.P. 

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Primeiros Passos ...

Temos duas instituições que queremos ajudar:
  • Liga Nacional Contra a Fome
  • Cozinha Económica / Criaditas dos Pobres
O que pretendemos fazer:
  1. Recolha de alimentos ( que já está a ser realizada )
  2. Festa de Solidariedade, que visa a recolha de alimentos e bens monetários
  3. Actividades com crianças carenciadas ( na escola )
  4. Realização de um estudo sociológico sobre este tema 
  5. E por fim, no último período, apresentarmos as conclusões retiradas deste projecto á escola.
É-nos importante cumprir estes objectivos, porque para além de estar em causa, avaliações muito importantes, temos o factor humano, e algo que este trabalho nos tem ensinado é pensarmos mais nos outros, em vez de nos preocuparmos só connosco. 

Apresentação

Somos um grupo de Área de Projecto, do 12º ano da Escola Secundária D.Dinis em Coimbra. 
No âmbito desta disciplina escolhemos o tema "Pobreza", para tratar ao longo do ano, e intitulámo-nos "Soldados da Pobreza".
Neste blogue pretendemos colocar o desenvolvimento do nosso projecto e também alertar as pessoas para este mal.

"Podes continuar a tua vida e ignorar este problema ou podes contribuir e fazer alguém feliz.
Hoje é ele, e amanhã podes ser TU." by: M.V.





  • Este é o nosso logotipo do projecto.